O cacimbo chegou

Depois de algumas semanas sem falar com a minha amiga de Luanda, Angola, nos falamos pelo WhatsApp, que nem sempre funciona lá. Mesmo assim, comemoro: santa tecnologia que nos aproxima em tempo real!!

Nina é uma nova amiga angolana da viagem a trabalho que fiz ao seu país em dezembro.

__ Oi Nina, tudo bom? Que saudades!

__ Oi miuda! Xtas fixe?

__ Tudo em paz. E você?

__ Tudo bem. Com um pouco de alergia, já começou o cacimbo e sabe como é…

Sei como é? Num milésimo de segundo vi uma interrogação enorme na minha frente, e a pergunta: mas o que será o cacimbo? Leia mais deste post

Anúncios

DaLaNota Amazônica

Amanhã vai ter um belo encontro na Casa do Brasil: Apresentação do projeto Perlas da Amazônia em colaboração com DaLaNota.

Confira a programação depois do cartaz.

Leia mais deste post

Machismo em Angola e no Brasil

Mesmo trabalhando com adultos, é importante ouvir a juventude. Né?

Hoje temos 18 minutos de debate entre 3 jovens angolanos que moram no Brasil e comentam sobre o machismo no Brasil e em Angola, o comportamento da juventude entre homens e mulheres, como era “ontem” e como é hoje.

Esse vídeo trata o tema do machismo em si, e pode ser visto pelas pessoas que estão aprendendo português para ouvir a forma de falar dos angolanos, seu sotaque, seu vocabulário e neste caso, 3 gracinhas de youtubers. O vídeo serve para aprender a lingua portuguesa, cultura, e ajudar a pensar de forma diferente. Kuia muito esse tipo de vídeo! É bué de fixe!

Serve também para brasileiros conhecerem como os angolanos falam. No começo pode ser um pouco difícil de entender, mas depois de 2 minutos verá que se acostuma.

Com todos vocês, Ayrton PDF do Gringolândia TV, Ruth Catala e Fernando Filó

Depois de ter assistido o vídeo, diga-nos, como é no seu país? E se mora fora do país onde nasceu, como é aí? Conte-nos, vamos interagir!

Leia mais deste post