Carta de Intenções II

A primeira carta de intenções que escrevi para este blog é esta aqui. Hoje me senti inspirada e no dever de compartilhar algo que penso. No blog.

Desconheço como poderia subir o vídeo aqui, já que está protegido. Aqui está o link.

Ontem uma aluna perguntou o que tinha acontecido no MAM, porque ela trabalha com arte e viu comentários de pessoas de muito critério que estavam indignadas com um vídeo de uma exposição.

O Vitor Dicastro esclarece os fatos neste vídeo do Facebook publicado na página Quebrando o Tabu.

Sou totalmente a favor desse tipo de vídeos, que ajudam as pessoas a pensarem um pouco mais.
Leia mais deste post

Anúncios

Aquarela

Hoje é dia de lembrar da história da música Aquarela, que contei no programa Emissão em Português, do dia 2 de maio.

No início dos anos 70 surgiu uma amizade entre dois nomes gigantes da música brasileira: Vinícius de Moraes e Toquinho. Essa amizade rendeu vários discos, músicas e mais de mil espetáculos.

Leia mais deste post

Explicação da eternidade

devagar, o tempo transforma tudo em tempo.
o ódio transforma-se em tempo, o amor
transforma-se em tempo, a dor transforma-se
em tempo.

os assuntos que julgámos mais profundos,
mais impossíveis, mais permanentes e imutáveis,
transformam-se devagar em tempo.

por si só, o tempo não é nada.
a idade de nada é nada.
a eternidade não existe.
no entanto, a eternidade existe.

os instantes dos teus olhos parados sobre mim eram eternos.
os instantes do teu sorriso eram eternos.
os instantes do teu corpo de luz eram eternos.

foste eterna até ao fim.

José Luís Peixoto, in “A Casa, A Escuridão”

Leia mais deste post