Estudar a fogo lento

Estudar é como cozinhar: precisa de fogo lento e um descanso para dar um bom resultado.

Assim como um bom feijão, uma carne de panela, uma tortilla, o estudo requer dedicação, paciência, bons ingredientes, recursos e tempo. E que o cozinheiro (assim como quem aprende) esteja ali abrindo a tampa da panela de vez em quando, sentindo o cheiro da comida e experimentando.

Relendo o David A. Sousa no How The Brain Learns comprovei que estudar todos os dias do mesmo jeito, horas e horas a fio, além de chato, é improdutivo. Inclusive para prestar concurso público!

carne-de-panela

Carne de panela, que delícia! Melhor se feita a fogo lento, e apreciada no dia seguinte.

Leia mais deste post

Anúncios

Estudando para o Celpe-Bras aos 90 anos

O senhor Roberto, estudante de português no México, tem 90 anos e está se preprarando para fazer o exame do Celpe-Bras na semana que vem.

Ele estuda porque gosta. Sabe falar inglês, francês, um pouco de alemão e português.

O INEP modificou o layout da prova (tamanho da folha e letra) para facilitar a leitura pelo aluno.

Senhor Roberto, exemplo de força de vontade e de que não há idade para estudar um idioma.

Boa prova aos que se apresentam ao exame!