Eba! 10º Novocine em Madri!

X Mostra de Cine Brasileiro em Madri – Novocine

16 a 24 de novembro em Madri!

O Novocine é uma mostra de cinema brasileiro gratuito e inédito na Espanha, organizado pela Embaixada do Brasil e a Fundação Cultural Hispano-Brasileira, nas que se projetam longas em versões originais legendadas.

Este ano a agenda está muito interessante, e começa com o show do grupo Uirapuru Urbano, no dia 16, quarta-feira no Centro Cultural Galileo, tocando músicas de sucesso do cinema brasileiro.

A pré-estreia será no no dia 17 às 20h, com Nise, o coração da loucura, no dia 17 às 20h com entrada livre até completar o foro no Cine Palacio de la Prensa. Nesse dia haverá sorteio de uma passagem Madri-Salvador-Madri para duas pessoas.

Do dia 18 até o dia 24 os filmes poderão ser vistos na Sala Berlanga, em 2 sessões, sempre às 19 e às 21:30. Quem entrar na primeira pode ficar para a segunda. Entradas gratuitas poderão ser retiradas na bilheteria 1 hora antes do início.

Confira a programação e encaixe mais esta atividade à sua agenda, você não vai se arrepender! (traduzido da página do Novocine)

novocine2016mad762x1024Chatô, o Rei do Brasil

O filme conta de maneira irreverência e emocionante a vida e obra de Assis Chateaubriand “Chatô”, o polêmico magnata das comunicações, que levou a televisão para o Brasil na década de 50 e que liderou um império de rádio, TV e revistas.  Inspirado no romance de Fernando Morais, “Chatô, O Rei do Brasil” é um projeto ambicioso que se transformou na produção mais longa e polêmica da indústria cinematográfica brasileira.  Produzido a partir de 1995 e filmado principalmente no início de 2000, o longa não foi lançado até novembro de 2015 – quase 20 anos após o início da produção.

 

Irmã Dulce

“Irmã Dulce” é um retrato verdadeiro da vida de uma mulher, conhecida como “O Anjo Bom da Bahia”, indicada para o Nobel e beatificada pela Igreja, nunca deu importância a títulos ou prêmios. A história de uma mulher cujo único propósito era confortar os necessitados, cuidar dos doentes e proteger os mais desfavorecidos com a ajuda daqueles que quisessem. Era capaz de atravessar Salvador de madrugada para ajudar a uma criança de rua ou pedir dinheiro a um político em plena campanha. Irmã Dulce teve que enfrentar não só o preconceito, machismo e dogmas, mas também uma doença respiratória incurável. Ela superou todos os obstáculos com obstinação, alegria, amor e fé e construiu uma obra que continua a crescer hoje, assim como a devoção e admiração por ela.

 

Jonas

Aos 20 anos Jonas tem uma vida vazia e desinteressante. Desde a infância é apaixonado por Branca, a filha da patroa de sua mãe. Na véspera do Carnaval um acidente o leva a sequestrá-la e esconde-la dentro da Baleia, o carro alegórico da escola de samba do bairro. Durante a semana dos desfiles, uma história de amor impossível surge entre os dois dentro da Baleia. Fora dela, o drama de Jonas se intensifica à medida que os dias passam e a busca pela menina por parte das autoridades se aproximam cada vez mais a ele. Ele sabe que mais cedo ou mais tarde terá que lidar com as consequências do sequestro.

 

Nise, o coração da loucura

Ao sair da prisão depois de cumprir sentença por motivos políticos, Dra. Nise da Silveira volta a trabalhar em um hospital psiquiátrico, nos arredores do Rio de Janeiro e se recusa a usar eletrochoque e lobotomia no tratamento de pacientes com esquizofrenia. Deixada de lado por outros médicos da equipe, ele acaba sendo responsável pelo Setor de Terapia Ocupacional, abandonado até o momento, onde dá início a uma revolução regida pelo amor, pela arte e pela loucura.

 

O vendedor de passados

 Vicente, que detém a firme convicção de que o passado é tudo aquilo que você se lembra, imagina que lembra e finge lembrar, trabalha criando novos passados através da encomenda de documentos, fotos e vídeos. Sua vida dá uma guinada quando uma mulher bela e misteriosa aparece em seu escritório para pedir-lhe um novo passado sem fornecer nenhuma informação sobre sua vida pessoal e dando único dado, que no passado cometeu um crime. Um desafio difícil para Vincente, que nunca amou ninguém e decide inventar Clara, uma mulher pela qual poderia se apaixonar.

 

Para minha amada morta

Fernando é um bom homem que cuida de seu filho único, Daniel, uma criança. Após a morte de sua esposa Ana, todas as noites Fernando lembra de seu amor organizando as coisas de sua falecida amada. Um dia ele encontra uma fita de vídeo que muda tudo.

 

Um homem só

Arnaldo é um homem infeliz em sua vida conjugal e profissional.Para tentar resolver seus problemas procura uma clínica dedicada a copiar as pessoas para livrá-los da vida miserável que levam. Com um clone em seu lugar que ele poderia começar uma nova vida.

Como todos os anos, nos vemos por lá! Um abraço!

Anúncios

Sobre Cristina Pacino
Nascida em São Paulo, residente em Madri. Relações Públicas por decisão. Professora de Idiomas por vocação e mestrado. Paixão por ensinar, vivo para aprender. Quero contribuir para uma sociedade com mais opiniões próprias, ideias originais e criatividade. Acredito que aprender um novo idioma é gerar oportunidades de experimentar a vida sob outras perspectivas. Fundamental: aprender, adaptar-se e mudar. Sigo as palavras de Cora Coralina: "Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina."

One Response to Eba! 10º Novocine em Madri!

  1. Pingback: Vem aí o NOVOCINE 2017! |

Pode me responder que eu gosto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: