Estudar a fogo lento

Estudar é como cozinhar: precisa de fogo lento e um descanso para dar um bom resultado.

Assim como um bom feijão, uma carne de panela, uma tortilla, o estudo requer dedicação, paciência, bons ingredientes, recursos e tempo. E que o cozinheiro (assim como quem aprende) esteja ali abrindo a tampa da panela de vez em quando, sentindo o cheiro da comida e experimentando.

Relendo o David A. Sousa no How The Brain Learns comprovei que estudar todos os dias do mesmo jeito, horas e horas a fio, além de chato, é improdutivo. Inclusive para prestar concurso público!

carne-de-panela

Carne de panela, que delícia! Melhor se feita a fogo lento, e apreciada no dia seguinte.

Leia mais deste post

Anúncios

Sou um demente digital?

post 1 - cerebro

“O uso excessivo de smartphones e de jogos eletrônicos limita o desenvolvimento equilibrado do cérebro”, diz estudo feito pelo Centro de Equilíbrio Cerebral de Seul, Coreia do Sul, entre jovens e adultos que usam dispositivos eletrônicos por mais de 7 horas ao dia. Leia mais deste post