Morrer para renascer

Sexta-feira 13 de maio de 2016.

Depois de uma semana bem conturbada na política brasileira, chego em casa do trabalho e, para espairecer, vou cuidar das plantas.

orquidea6

foto da mesa lá de casa

A morte da orquídea

Entre algumas plantas, tenho 6 orquídeas. A mais velha foi um presente de um antigo chefe, em 2007, quando pedi demissão do trabalho ele me deu a flor com um cartãozinho de agradecimento.

Foi muito simpático da parte dele, e eu tinha que acabar aquela etapa para começar uma nova. Queria concluir o que para mim já estava obsoleto para que algo novo nascesse.

E a orquídea mais nova vi por acaso na frente do lixo de casa. Estava meio jogada no chão, e se notava que alguém tinha desfeito um apartamento inteiro e jogado fora até as plantas. Chuto muito por cima que faz uns 2 anos, e quando vi a planta abandonada o impulso foi de levá-la para casa e dar-lhe as condições para que ela pudesse viver. Leia mais deste post