Estudar a fogo lento

Estudar é como cozinhar: precisa de fogo lento e um descanso para dar um bom resultado.

Assim como um bom feijão, uma carne de panela, uma tortilla, o estudo requer dedicação, paciência, bons ingredientes, recursos e tempo. E que o cozinheiro (assim como quem aprende) esteja ali abrindo a tampa da panela de vez em quando, sentindo o cheiro da comida e experimentando.

Relendo o David A. Sousa no How The Brain Learns comprovei que estudar todos os dias do mesmo jeito, horas e horas a fio, além de chato, é improdutivo. Inclusive para prestar concurso público!

carne-de-panela

Carne de panela, que delícia! Melhor se feita a fogo lento, e apreciada no dia seguinte.

Leia mais deste post

Topa um desafio?

Bem-vindo! Bem-vinda!

Quero das as boas vindas a todos a esta nova etapa do ano, novo ano letivo, novas energias depois das férias.

Para quem descansou, espero que as férias tenham sido renovadoras. Para os que não, pelo menos descansaram dos estudos de português de alguma maneira, e isso já é motivo para voltar aos projetos com novas perspectivas.

Como eu sim venho com as baterias recarregadas, me atrevo a lançar um desafio: Leia mais deste post

Que tipo de aluno você é?

mulher livros parque

Você sabe que tipo de aluno é? E como tem mais facilidade de aprender? Por que algumas vezes aprende melhor que outras? Afinal, qual é o seu estilo ?

Primeiro, entendamos o que são estilos de aprendizagem: são maneiras que uma pessoa utiliza para conseguir aprender o que lhe é proposto. Tais estilos são únicos e pessoais, pois cada pessoa apresenta facilidade com um determinado estilo e dificuldade em outros. Leia mais deste post