Brasil, tesouro das artes reunidas

Sexta-feira, dia do grito… do grito de Carnaval!!

 

Podia contar sobre a história do Carnaval, podia dizer o quanto os blocos estão dando cores a capitais como São Paulo e Rio, podia contar sobre o tema principal do Carnaval do Rio, podia contar as diferentes formas de brincar o Carnaval no Brasil, em Salvador (BA), em Olinda (PE), em Manaus (AM), na Ilha de Superagui (PR), ou em Porto Alegre (RS).

Mas quero fazer uma homenagem ao Brasil, tesouro das artes reunidas.

Bom Carnaval, minha gente!

 

Samba Enredo 1956 – Brasil, fonte das artes
Salgueiro (RJ)

Clique na imagem para ouvir o samba-enredo

És Brasil, fonte das artes,
cheio de riquezas mil,
e os nossos selvagens
já se faziam notar,
depois veio a civilização,
as academias dando nova formação
à filosofia rudimentar.

Hoje temos obras de talento
que vêm de longínquas eras,
temos artes antigas e modernas.

Brasil, Brasil, Brasil,
fonte das musas, és tu, Brasil,
o sonho, a glória e a vida,
tesouro das artes reunidas.

Exaltamos nossos mestres brasileiros,
que até por outros mestres estrangeiros
foram invejados, com apoteoses laureados,
tiveram exaltado seu valor
imitado no produto do seu labor.

Brasil, Brasil, Brasil,
fonte das musas, és tu, Brasil,
o sonho, a glória, a vida,
tesouro das artes reunidas.

Link do samba enredo

 

Glossário

Podia: neste caso o verbo está no pretérito imperfeito e tem função de condicional. Na variante de Portugal se usa mais do que na do Brasil. O “podia” ou “fazia” se usa mais para pedir algo, por exemplo “você podia pegar um copo para mim, por favor?”.

Posts antigos sobre o Carnaval:

Anúncios

Sobre Cristina Pacino
Nascida em São Paulo, residente em Madri. Relações Públicas por decisão. Professora de Idiomas por vocação e mestrado. Paixão por ensinar, vivo para aprender. Quero contribuir para uma sociedade com mais opiniões próprias, ideias originais e criatividade. Acredito que aprender um novo idioma é gerar oportunidades de experimentar a vida sob outras perspectivas. Fundamental: aprender, adaptar-se e mudar. Sigo as palavras de Cora Coralina: "Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina."

Pode me responder que eu gosto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: