Por que ter um certificado de idioma?

Estamos em época de provas de certificados. Por exemplo, as inscrições para o Celpe-Bras estão abertas até o dia 2 de março. Muitos alunos me perguntam se vale a pena estudar para ter um certificado. Sempre digo que sim, e mais que vender o peixe, explico aqui as razões para que qualquer pessoa se apresente a um exame oficial de qualquer idioma.

estudante

Na vida prática, os certificados abrem portas:

  • Numa entrevista profissional – é a certeza de que o profissional se desenvolve numa determinada escala dentro de um idioma. Imagine um enfermeiro que não entende um paciente. O mercado se interessa por quem está melhor preparado, e um idioma a mais pode ser um ponto de inflexão.
  • Para um curso universitário, ou MBA em outro país – é a tranquilidade de que o aluno se comunicará no idioma pedido, tanto estando no país do qual possui certificado, como poderá ler livros e artigos nessa língua. Pense em um estudante inglês que vai assistir uma palestra em espanhol e não entende o que está sendo dito.

longe

Estes são motivos mais que compreensíveis para que qualquer pessoa se prepare e se apresente aos exames.

Tenho 2 certificados, o DELE (C2) – Diploma de Español como Lengua Extranjera e o CAE (C1) – Certificate in Advanced English, além de preparar alunos para inglês e português, para mim é natural que tenha os meus próprios certificados.

Como preparadora e como examinada, vejo outros benefícios intrínsecos da preparação para exames:

  • Quanto mais souber da cultura geral do país, maior a possibilidade de ir bem no exame – saber gramática, formação de frases, expressar coerência de pensamentos é óbvio, porém todos os níveis pedem que a pessoa se desenvolva dentro das estratégias linguísticas da língua objetivo. Por exemplo, um brasileiro ou um português dificilmente usarão o imperativo para pedir algo, já na Espanha é muito comum e na verdade é condição para se conseguir o que se pede. Imperativo não é sinônimo de agressivo. É um tempo verbal muito usado em espanhol. Em português, não é bem assim.

mapa

  • Saber a mecânica é conhecer uma nova forma de pensar – quantas vezes já ouvimos alguém dizer: esse assunto eu sei, o que não sei é como fazer o exame. Sim, para passar num exame temos que estudar “como fazer a prova”. Esse tipo de raciocínio usado é muito útil para a vida prática, em qualquer âmbito. Melhora suas habilidades de aprendizado, incentiva o aprender a aprender.
  • Flexibilidade de pensamento. Pois lhe da novas perspectivas para resolver problemas e encontrar soluções.
  • Ampliar a visão – ao se preparar para um exame oficial, a pessoa necessita expandir sua visão sobre o país e a cultura do idioma. No caso do português brasileiro é muito interessante porque as diferenças culturais são quase continentais, e curiosamente as semelhanças fazem daquilo tudo um só país de 200 mil habitantes. No caso do inglês e do espanhol, aprende-se a trabalhar com registros e vocabulário diferentes.

luneta mirante

  • Sempre se melhora – a pessoa que tem um certificado acaba se interessando pelo idioma com outro compromisso, o que faz com que sempre melhore um pouco mais no idioma, seja vendo filmes em versão original, ouvindo música, podcasts, indo a eventos onde se fale tal língua, interagindo com nativos, indo a um país onde tal idioma é o nativo ou oficial. Exemplificando, quando fiz o CAE tinha estudado bastante, porém depois o inglês se tornou algo muito mais natural para mim e faz parte do meu dia a dia.

 

São razões suficientes para qualquer pessoa se preparar para fazer um exame. As certificações são exigidas e reconhecidas pelo mundo acadêmico e corporativo. Faça valer o seu investimento estudando com vontade, e sendo positivo. Com certeza você vai longe. Boa sorte nas provas!

 

  • Mais informações sobre o Celpe-Bras
  • As inscrições estão abertas até o dia 2 de março, e as provas serão entre os dias 26 e 28 de abril.
Anúncios

Sobre Cristina Pacino
Nascida em São Paulo, residente em Madri. Relações Públicas por decisão. Professora de Idiomas por vocação e mestrado. Paixão por ensinar, vivo para aprender. Quero contribuir para uma sociedade com mais opiniões próprias, ideias originais e criatividade. Acredito que aprender um novo idioma é gerar oportunidades de experimentar a vida sob outras perspectivas. Fundamental: aprender, adaptar-se e mudar. Sigo as palavras de Cora Coralina: "Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina."

Pode me responder que eu gosto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: