Transformadores de instantes

Imagine-se andando na rua e se deparando com esta situação:

Talvez a gente não consiga acabar com as guerras ou com a miséria. Mas um instante a gente consegue transformar.

Eduardo Galeano, no livro De Pernas pro Ar, diz que “nós fomos educados pra ver o outro como uma ameaça”.

E não fomos? Quem já ouviu a célebre frase “não fale com estranhos”?

Neste mundo ao avesso achamos que o outro vai nos assaltar, ocupar nossa vaga no estacionamento, tomar nosso emprego, está sempre tramando alguma coisa contra nós.

Mas no mundo que queremos ajudar a reconstruir, o outro não é uma ameaça, é uma promessa. Promessa de acolhimento, de aprendizado, de parceria, de amizade, de diversão.

Brincar faz isso tudo acontecer num único instante.

Falar com estranhos       Abrir uma fresta na rotina       Surpreender       Desarmar-se      Sorrir       Deixar-se levar

O Claudio Thebas e o Daniel Nascimento estão arrebentando a boca do balão com o Playmonday, iniciativa que consiste em brincar, gravar e publicar.

Esses caras estão arrancando sorrisos pelas ruas das grandes cidades. Como?

A brincadeira tem três fases:

  • Brinque – Surpreenda alguém. Na rua, no bar, no seu trabalho. Vale qualquer brincadeira, contanto que o outro brinque junto. Par ou ímpar, corrida de saco, sei lá… o que der na sua cachola.
  • Grave – Do jeito que der. Você pode gravar com celular tipo selfie, ou pode pedir pra alguém segurar a câmera ou o celular pra você. O legal disso é que quem está filmando também já está brincando de cinegrafista.
  • Publique – Com a hashtag – #playmonday. Desse jeito a gente se conecta no mundo todo

Regras fundamentais

  • Bom trato – brincadeira boa é brincadeira boa pra todos!
  • Junto – Não é fazer algo por alguém. É fazer com alguém! Brincar faz isso: é eu com o outro.

Cada um de nós pode salvar o mundo com pequenos gestos.

É só deixar de lado o medo de passar ridículo.

Alguém se anima a fazermos algo juntos aqui por Madri?

Mais sobre o Playmonday

Claudio no Provocações

Sobre Cristina Pacino
Nascida em São Paulo, residente em Madri. Relações Públicas por decisão. Professora de Idiomas por vocação e mestrado. Paixão por ensinar, vivo para aprender. Quero contribuir para uma sociedade com mais opiniões próprias, ideias originais e criatividade. Acredito que aprender um novo idioma é gerar oportunidades de experimentar a vida sob outras perspectivas. Fundamental: aprender, adaptar-se e mudar. Sigo as palavras de Cora Coralina: "Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina."

6 Responses to Transformadores de instantes

  1. Maíra disse:

    Muito legal!! Me fez lembrar de um vídeo que eu vi ontem da Carolina Nalon (https://www.facebook.com/tiecoaching/videos/992938007430335/?pnref=story.unseen-section) e desse curta metragem: https://www.youtube.com/watch?v=5YXHI0U3mOg

  2. A iniciativa do playmonday é jóia, né? Te lembra porque foi depois de ver esse vídeo da Carolina que escrevi o post🙂

    Acho que a Coca-Cola andou vendo esse curta que você comenta

    Beijao!

  3. MARIAN disse:

    Muito divertido e de boa onda.

    Mola!!!

  4. evaarias74 disse:

    Olha, que engraçado!!

    O riso é o melhor remédio para muitas doenças… do corpo, do coração, da alma…. E faz mais gostoso o nosso caminho.

Pode me responder que eu gosto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: