8 sinais que indicam amadurecimento emocional

Vi este texto hoje no site La Mente es Maravillosa e não resisti em fazer a sua versão brasileira.

Dedico com carinho e em especial para as pessoas com quem estive falando sobre algum destes temas ultimamente. Em especial também a quem achar algum sentido no texto. E em especial para quem ler e não achar nada também. A todos, em especial.

Descanso dos pés depois de uma jornada de 30 dias de reflexão andando. Foto: cristina pacino

 

“A seriedade não é sinal de maturidade.

A maturidade é saber rir da vida, mas levá-la a sério quando necessário.”

 

O fato de incluir mais velinhas no bolo de aniversário não é indicador de que nossa maturidade aumente. Também não é sinal de ter crescido emocionalmente ou de ter ganho habilidade com aquelas coisas que nos fazem perder o equilíbrio.

Há pessoas que tendem a se castigar pelos erros cometidos, em vez de se felicitarem pelas realizações. Isso é ser duro e centrar-se unicamente nos fracassos e não nos acertos.

De vez em quando vale a pena parar no meio do caos do dia a dia para fazer uma lista com tudo aquilo que conseguimos. Não pecar por arrogantes, porém para nos darmos conta do quanto crescemos emocionalmente.

Alguns sinais de que crescemos emocionalmente:

  1. Liberar-se do que faz mal

É muito importante aprender a retirar da nossa vida o que nos machuca, o que não nos ajuda a seguir em frente ou nos ata ao passado. Esta habilidade é chave para atingir o sucesso em qualquer coisa que empreendemos. Reconhecer as pessoas tóxicas já é um grande passo.

  1. Aprender com os erros

Quem disse que enganar-se tem que ser um motivo de flagelo para toda a eternidade? Podemos aprender dos erros. De nada serve almejar sempre o perfeccionismo obsessivo. É bom se equivocar e saber quais coisas não repetir. Assim, mudamos nossas perspectivas e temos energia para empreender novos projetos, de agora em diante, mais bem-sucedidos e ambiciosos.

  1. Evitar reclamações

Este é sem dúvida um dos sinais mais destacados do crescimento emocional. As pessoas que passam o dia todo criticando por criticar conseguem aumentar a negatividade e o pessimismo ao redor de si. Aprender a “não chorar sobre o leite derramado” ajuda a amadurecer. O ponto é agir ou resolver mais e reclamar menos, e assim, crescer.

  1. Comemorar o sucesso alheio

Aplaudir e ficar feliz, de verdade, quando as coisas vão bem para os outros, é sinônimo de maturidade. Isto significa que não há inveja, que compreende que o outro se esforçou muito e que você é capaz de reconhecer o trabalho dos demais.

  1. Ter relações menos conflituosas

Não quer dizer que tudo será “paz e amor” mas que você não vai passar a sua vida inteira brigando e discutindo. Já foi aquela etapa de querer passar por cima de tudo e ganhar a conversa custe o que custar. Você já aprendeu a colocar-se no lugar dos outros, a tentar chegar a um acordo antes de um confronto ou bate-boca, que as brigas são uma perda de tempo e que o melhor é procurar uma solução em conjunto. Além disso, você percebeu que é melhor ter tranquilidade que ter razão.

  1. Não ter medo de pedir ajuda

Até pouco tempo atrás (quando ainda não tinha crescido emocionalmente) você considerava que pedir ajuda era uma forma de mostrar fraqueza e que você não podia dar-se a esse luxo. Porém, agora você compreendeu que pedir ajuda é uma forma de demonstrar confiança no outro. Você não pode fazer tudo sozinho sempre, é bom ter humildade e reconhecer que não se sabe algo ou que se necessita amparo.

  1. Você sabe o que quer

A incerteza do futuro já não é uma regra, mas exceção. Você é mais consciente do que deseja conseguir na sua vida e incluso em que momento. Ao estar mais seguro de si estabelece as regras de seu destino e sabe com certeza o que espera do dia de amanhã.

  1. Não se importar com o que os outros vão dizer

O que os outros vão dizer muitas vezes tirou seu sono, mas agora você está em outra etapa. Unicamente lhe interessam as opiniões daqueles que querem ajudá-lo e desejam vê-lo bem. Ou seja, as “críticas construtivas” das pessoas próximas, já que você já se afastou das pessoas tóxicas.

 

No caminho há sol, nuvens, pedras, areia, terra, plantas, pássaros, flores. Cabe a cada qual entender o papel de cada elemento no seu próprio caminho. Foto: cristina pacino

 

Glossário:

Enganar-se – cometer erro involuntário, errar; iludir-se.

Almejar – desejar muito, com ânsia

Bate-boca – discussão, altercação violenta

Sobre Cristina Pacino
Nascida em São Paulo, residente em Madri. Relações Públicas por decisão. Professora de Idiomas por vocação e mestrado. Paixão por ensinar, vivo para aprender. Quero contribuir para uma sociedade com mais opiniões próprias, ideias originais e criatividade. Acredito que aprender um novo idioma é gerar oportunidades de experimentar a vida sob outras perspectivas. Fundamental: aprender, adaptar-se e mudar. Sigo as palavras de Cora Coralina: "Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina."

Pode me responder que eu gosto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: