Festa de fim de ano sem gafe

festa fim de ano peq

O final do ano chegou, e nos próximos dias muitas empresas farão festas corporativas para comemorarem tudo o que foi atingido ao longo de 2014.

Com álcool e descontração a confraternização pode sair do controle, e a imagem profissional de quem não souber se moderar pode ser colocada em risco. Dar vexame é mais fácil do que se pensa.

Aqui vão algumas dicas para que você possa ser lembrado de maneira positiva:

1. CONVITE ACEITO, VÁ. Não dê só uma passadinha para “dar um oi”. Se há um jantar, jante. Almoço, almoce. Pode haver umas palavras de agradecimento do chefe, algum pronunciamento, nunca se sabe. Se o pessoal resolver dar uma esticadinha, e você não quiser ir, pode perfeitamente dizer que já vai sendo hora de ir para casa. Ser assertivo cai bem.

2. BEBA COM MODERAÇÃO. Bom, um clássico das festas de fim de ano. Beber todas as bebidas do bar na mesma noite tem suas consequências.

3. DANCE COMO SE HOUVESSE UM AMANHÃ. Todos os companheiros de trabalho estão na pista dançando, quando “o aparecido” resolve imitar ninguém menos que John Travolta no inesquecível Os Embalos de Sábado à Noite. Ele dá piruetas, rebola, agacha… e por lá fica, não consegue levantar. Todos o ajudam e ele passa o resto da noite sentadinho, bonitinho na mesa. No dia seguinte… ainda bem que o dia seguinte é sábado…

4. XIS! OLHA O PASSARINHO! Todo mundo quer sair na foto do Facebook ou do Instagram. Alegre, sorrindo, passando um momento divertido com os colegas do escritório. Sempre bom lembrar: atenção para o abraço “inocente-quase-erótico”, alguém demasiado perto, ou posições comprometedoras para sua reputação profissional. O resto você mesmo conclui.

5. PAQUERA. Pintou um clima? Evite a exposição do envolvimento. Ser discreto e ir para outro lugar é uma opção acertada.

6. MAS… Cantar por cantar ou forçar a barra são situações muito desagradáveis. Para ambos lados. Ter critério nunca é demais.

7. CONTROLE-SE AO COMER, ESTA NÃO É A ÚLTIMA CEIA. Muitas vezes vemos pessoas comendo em festas de empresa como se fosse a última refeição, da sua vida. Não é o momento mais adequado para tirar a barriga da miséria.

8. SOBRE O QUE FALAR? Melhor, sobre o que não falar: sobre coisas tristes, catástrofes, falar mal dos companheiros ou do chefe, problemas da empresa, problemas pessoais. A festa da empresa é um evento social. Temas pessoais, outro dia.

Para não colocar a imagem e a carreira em risco, o profissional deve recordar que a festa é uma extensão do ambiente de trabalho, e uma boa oportunidade para fortalecer relacionamentos. Melhor chamar a atenção pela elegância, que pela falta dela. Também, ser responsável deixando os excessos e comemorações mais animadas para outras ocasiões em que não estiver sob o olhar dos colegas de trabalho.

Queremos saber a sua opinião. Escreva-nos!

 

Glossário

Gafe: dito ou comportamento irrefletido, deslize, inconveniência. Engano, indiscrição por lapso ou negligência.

Dar vexame: causar vergonha, escândalo.

Dar uma esticadinha: expressão popular que significa ficar um pouco mais num determinado lugar, sem ter hora concreta para ir embora. Pode referir-se a trabalho ou lazer.

Paquerar: flertar, tentar fazer conquista amorosa, cortejar, galantear.

Cantar: seduzir, o mesmo que paquerar, porém de forma mais descarada.

Forçar a barra: forçar uma situação indesejada pela outra pessoa.

Tirar a barriga da miséria: aproveitar alguma coisa que não se tinha ou de que se tinha falta, tirar o ventre da miséria, desforrar-se.

Queimar o filme: fazer passar por uma situação vergonhosa. O mesmo que dar vexame.

Sobre Cristina Pacino
Nascida em São Paulo, residente em Madri. Relações Públicas por decisão. Professora de Idiomas por vocação e mestrado. Paixão por ensinar, vivo para aprender. Quero contribuir para uma sociedade com mais opiniões próprias, ideias originais e criatividade. Acredito que aprender um novo idioma é gerar oportunidades de experimentar a vida sob outras perspectivas. Fundamental: aprender, adaptar-se e mudar. Sigo as palavras de Cora Coralina: "Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina."

Pode me responder que eu gosto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: