Novidade do Google: smartphone modular

Projeto ARA

projeto ara 1

Protótipo de smartphone modular que será lançado pelo Google em 2015

Um telefone celular dura alguns anos antes de quebrar ou ficar obsoleto. Mesmo que apenas parte dele não funcione, temos que nos desfazer do aparelho inteiro, já que torna-se inviável seu conserto ou atualização, por questões de custo.

O Google está desenvolvendo o Projeto ARA, que promete mudar esse panorama e com isso revolucionar o uso e acesso a smartphones no mundo.

Desenhado pelo neerlandês Dave Hakkens , chamado de phonebloks e, anteriormente em colaboração com a Motorola, consiste em um smartphone com peças modulares.

A ideia é muito simples: um celular com peças modulares, que permite ao usuário montá-lo segundo sua necessidade. Um telefone de blocos destacáveis, feito para durar. Os blocos são conectados à base que junta tudo num só dispositivo. Se uma parte qualquer quebrar, é só substituir por outra. Se estiver ficando velho, é só trocar peças obsoletas por mais novas.

projeto ara 2

Confira aqui o primeiro vídeo  e o vídeo mais recente do projeto.

É fácil, intuitivo, encaixam-se os módulos e o telefone está pronto para usar.

Algumas características técnicas e funcionais que valem a pena mencionar:

Acesso – permite que mais pessoas usem um smartphone, já que o produto pretende ser mais barato que os atuais.

Preço – de U$ 50 a 500. É impossível saber um preço real hoje.

Personalização – qualquer peça pode ter a estampa e textura que o usuário escolher.

Compra – necessitando comprar alguma peça, o dono do telefone entra numa loja, primeiramente online, e faz o seu pedido. Escolherá entre peças novas ou usadas, de diversos desenvolvedores, assim o usuário não fica na mão de um só fabricante.

Pessoal e profissional – pode-se trocar o chip para telefone profissional ou pessoal.

Disponibilidade – prevista para janeiro de 2015.

2 em 1 – há “endoesqueletos”, conhecidos como endo de tamanhos diferentes, que a pessoa decide quais módulos usar em carcaças distintas.

Desenvolvedores – o aparelho está feito pensando em código aberto e interface simples, fazendo com que qualquer fabricante credenciado e certificado por Google participe do negócio, e o consumidor tenha mais opções.

Protótipo – primeira entrevista-apresentação oficial que detalha projeto e protótipo.

Na verdade é uma ideia que vai além da frivolidade de pensar em um “aparelho feito de peças” e que alcança aspectos de reorganização das indústrias implicadas no mercado dos smartphones. Algo que pode fluir e se adaptar tanto quanto nossas vidas podem fluir e se adaptarem.

O conceito é genial, e não cabe a menor dúvida de que tem tudo para ser um sucesso. Na minha opinião o único risco de ir por água abaixo é ele ser tecnicamente impossível de se fazer. Ou quem sabe por serem os primeiros do gênero modular, servirem de cobaia para uma nova grande ideia. O que você acha?

E especialmente para quem trabalha com tecnologia, é desenvolvedor ou entende do assunto, este vídeo é um prato cheio (conferência de desenvolvedores Google Project Ara, 15 de abril, 2014)

projeto ara 3

Glossário:

Ir por água abaixo: não dar certo, não sair bem. Usado para situações ou planos.

Cobaia: aquilo de que alguém se serve para fazer um experimento.

Ser um prato cheio: expressão que quer dizer abundância, fartura, grande quantidade coisas por onde escolher, muitas oportunidades.

 

Site oficial do Projeto ARA

Vídeos ilustrativos:

Primeiro vídeo institucional

Primeira entrevista que detalha o projeto

Sobre Cristina Pacino
Nascida em São Paulo, residente em Madri. Relações Públicas por decisão. Professora de Idiomas por vocação e mestrado. Paixão por ensinar, vivo para aprender. Quero contribuir para uma sociedade com mais opiniões próprias, ideias originais e criatividade. Acredito que aprender um novo idioma é gerar oportunidades de experimentar a vida sob outras perspectivas. Fundamental: aprender, adaptar-se e mudar. Sigo as palavras de Cora Coralina: "Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina."

2 Responses to Novidade do Google: smartphone modular

  1. Marian Díaz disse:

    Eu acho uma ótima ideia, mas também acho que os fabricantes não ficaram muito contentes com a redução do mercado que pode supoer, só por isso é facil que se demore…

  2. Pois é, na verdade é uma grande oportunidade de abertura desse mercado, os fabricantes atuais terão que se reinventar.

Pode me responder que eu gosto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: