O que lhe dá inspiração?

Foto: Cristina Pacino com autorização prévia de R. Gerver.

Você se lembra quando foi a última vez que viu, ouviu, debateu algo que lhe deu inspiração?

Inspiração mesmo: aquele momento que acende uma luz na sua mente, você nem pisca, os pulmões se enchem de ar, e você começa a ver as coisas mais nítidas? É como se você estivesse levitando e não existisse nada além de você e a suas ideias nesse momento.

E se lembra quem/o que foi responsável por essa luz? Um amigo, um chefe, seu filho, seu companheiro, seu vizinho, um professor, o motorista do ônibus, uma situação, uma pessoa, uma música? O que foi exatamente?

Há uns dias tive meu momento de inspiração, quando fui ao SIMO ver a palestra de Richard Gerver, pela segunda vez.

Um dos pontos que Richard abordou foi o primeiro parágrafo do relatório PISA*, recém lançado (normalmente mostram resultados do ano anterior) onde diz que “é vital que as pessoas possam aprender, adaptar-se e mudar”.

O que me pareceu mais interessante nesse trecho do documento é que mesmo sendo sobre educação, se aplica a qualquer segmento ou parte da vida. Por quê? Vejamos:

  • Aprender – para incentivar a inovação. Ver o novo gera novidades. Em que momento da vida uma pessoa deixa de aprender?
  • Adaptar-se – para estar de acordo com a vida real. O mundo pede adaptação às novas situações, aos novos companheiros, às crises econômicas ou pessoais.
  •  Mudar – para abrir a mente, sair da zona de conforto e explorar possibilidades diversas. Muitas vezes, mudar é o que garante a sobrevivência.

Transformar, assim como amoldar-se, pode ser fácil e até um processo natural para muitas pessoas, para outras pode ser algo doloroso e incômodo. Saber que vão ocorrer alterações mais cedo ou mais tarde pode ajudar no processo de adaptação e aprender todos os dias. É uma questão de atitude.

Outro ponto-chave da apresentação: a criatividade e a inovação acontecem quando se erra. Quando se comete um erro, surge naturalmente a necessidade de encontrar soluções distintas. E colocar-se em uma perspectiva diferente favorece essa modificação.

A rotina é aprender. Aprender que todos os dias acontecem coisas novas, e que as pessoas bem sucedidas serão as que se adaptarem com mais facilidade aos novos rumos. Não é à toa que “aprender a aprender” é uma das competências básicas da Comissão Europeia.

Então, já pensou no que lhe inspira?

Já encontrou sua inspiração hoje?

* O documento elaborado pela OCDE é um estudo anual da educação em mais de 70 países, entre eles Brasil, Espanha, Reino Unido, Estados Unidos e França, e tem por objetivo medir o sucesso escolar no mundo, servindo de orientação aos governos, sociedade e professores.

Glossário

Piscar: fechar e abrir rapidamente os olhos.

Motorista: pessoa que dirige um veículo de motor. Não confundir com motociclista.

Amoldar: ajustar ao molde, modelar, conformar, adequar.

Ponto-chave: ponto prioritário; ponto que desencadeia a compreensão do assunto a ser discutido.

À toa: ao acaso, a esmo, sem reflexão nem tino.

Expressão popular que indica o estado daquela pessoa ou situação que se encontra ao léu, sem um rumo definido. Tal palavra, usado por analogia nas circunstâncias acima, na verdade refere-se a uma grossa corda usada no reboque de pequenas embarcações, por uma maior. A embarcação menor é levada pela maior e não tem um rumo próprio, sendo conduzida “à toa“. Vem do termo inglês tow, que significa rebocar.

Sobre Cristina Pacino
Nascida em São Paulo, residente em Madri. Relações Públicas por decisão. Professora de Idiomas por vocação e mestrado. Paixão por ensinar, vivo para aprender. Quero contribuir para uma sociedade com mais opiniões próprias, ideias originais e criatividade. Acredito que aprender um novo idioma é gerar oportunidades de experimentar a vida sob outras perspectivas. Fundamental: aprender, adaptar-se e mudar. Sigo as palavras de Cora Coralina: "Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina."

14 Responses to O que lhe dá inspiração?

  1. Sueli disse:

    Estou emocionada com o seu trabalho! Sempre surpreendendo! Vai longe, menina!!! Parabéns! Bjs
    Sueli

  2. Mat disse:

    Bonito blog. Parabéns, Cristina!
    Mathieu

  3. Edu No Flags disse:

    Excelente! Parabéns pelo blog, gostamos muito do seu trabalho.
    Eu disse à Silvia que agora ela tem a faca e o queijo nas maos para aprender português.
    Muito obrigado! Ah, e a música está “beleza pura”.
    Beijao. Edu & Silvi.

    • É isso aí, agora com a faca e o queijo nas mãos já não há mais “desculpas esfarrapadas” para não levar o tema a sério.
      Obrigada pelo incentivo! Curtam muito as músicas!
      Beijão!!

  4. simone disse:

    Naveguei por aqui hoje e fiquei encantada!! Parabéns! Sucesso, Sucesso!! Bjs Simone (SP)

  5. Anônimo disse:

    Realmente um ótimo trabalho. Parabéns e muito sucesso, beijocas. A

  6. Anônimo disse:

    Muito sucesso para o blog! Beijocas!

  7. Anônimo disse:

    Sucesso com o blog! Beijocas!

Pode me responder que eu gosto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: